6 de maio de 2015

Trabalhar num mundo de homens. Um castigo ou uma bênção?

Antes de mais, peço desculpa pelo testamento. Sei que isto vai ficar grandalhão porque o assunto não se esgota. Quem conseguir ler até ao fim tem um lugar especial no meu coração! ahah

Tenho a sorte de estar a exercer um cargo na área da Gestão (aquela na qual me formei), numa empresa grande. A particularidade desta empresa é que é um autêntico mundo de homens.
A minha sala de trabalho é composta por três homens, uma mulher e eu, a miúda. Até aqui tudo normal. Há outra mulher!
A questão é que no resto do edifício (em que devemos ser mais de 25) somos três mulheres. Agora já começa a fazer diferença.
No exercício das minhas funções não me relaciono com nenhuma senhora, apenas cavalheiros. E é isso mesmo que eles são, cavalheiros.
Sou extremamente bem tratada e todos me abordam de forma educada. Claro que com alguns meses de convivência as ligações ficam mais estreitas com alguns. Começam a existir conversas divertidas e brincadeiras mais ou menos maldosas como num grupo de amigos. Como sou a caçula da empresa, é costume que me ofereçam doces, frutas, gelados e afins! (Note-se que eu trabalho tanto com homens formados em Engenharia como com homens com apenas o ensino básico concluído e os bons modos não são de todo consequência do nível de escolaridade.)
 Penso que aqui é importante a forma como agimos pois é essa a forma de conquistarmos mais ou menos respeito junto daqueles que nos rodeiam. O assunto não é específico para quem trabalha somente junto de homens mas em qualquer situação. Falo-vos da forma como nos vestimos.
Aqui tenho sempre muuuuito mais atenção aos decotes e a tudo o que possa ter um caráter provocador. É essencial respeitá-los para que me respeitem. Se andar a abanar-me à frente deles não os estou a respeitar (nem a mim) e é óbvio que não me vão levar a sério.
Como é certo, existe sempre um certo flirt e aqueles que tentam fazer charme. Aí acho que é preciso ter noção que o facto de ser a única rapariga por perto enviesa as coisas e me torna mais "apetecível" aos olhos deles, para além de que está na natureza do macho fazer sempre joguinhos de sedução patetas que todas nós já presenciamos. No entanto, tem uma piada adicional conhecermos um homem interessante e fazê-lo sentir "O Sortudo" no meio de tantos outros.

Penso que é uma autêntica bênção trabalhar com homens! E acreditem, eu trabalho com muitos!
Nas reuniões em que marco presença, somos sempre mais de 30: trinta homens e eu.
A linguagem é moderada, é-nos dada atenção, bom trato e não somos de todo desvalorizadas.
O respeito, como já disse, esse conquista-se.

No entanto, este é apenas o meu testemunho. Devem existir histórias diferentes por aí.
Quem quiser partilhar, sinta-se em casa. :)

Um beijo,
MariaDaniela

6 comentários:

  1. Podia fazer desta descrição a descriçao da minha vida, só mudava a área da gestão para a
    área da engenharia (mecânica) e um número um pouco menor de funcionários....e digo mais.....mil vezes trabalhar com muitos homens do que com muitas mulheres....

    ResponderEliminar
  2. E que sorte tens tu! Eu já trabalhei com muitas mulheres e agora trabalho directamente só com homens (graças a Deus!). A mulher é uma "raça" estranha, é só conflitos e mexericos e guardam muito rancor. É, de longe, muito mais fácil trabalhar com homens e muito mais fácil lidar com eles.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo com tudo o que este anónimo disse. Assino por baixo!

      http://agatadesaltosaltos.blogspot.pt/

      Eliminar
  3. A minha área é a imprensa feminina e, como tal, só trabalho com mulheres. Por isso, acredita, trabalhar com homens é uma benção porque no meio das mulheres é só guerras de egos, intrigas e invejas. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu ainda sou uma miúda mas entre os trabalhos de verão e estágios que já fiz nunca trabalhei com mais do que uma mulher ao mesmo tempo.
      Trabalhar com homens é muito básico e simples, no bom sentido das palavras! :)

      Eliminar
  4. Como concordo com este texto! Já trabalhei com mulheres, um horror! hoje não trabalho com 30 homens, mas com 3 e faz toda a diferença! Ganhei anos de vida :)
    Sou mulher, mas reconheço que nós mulheres somos umas "cabras" no relacionamento entre nós...

    ResponderEliminar