7 de setembro de 2015

A importância da Primeira Impressão

A primeira impressão que têm de nós é extremamente importante. Mais do que nos pode parecer se pensarmos no assunto por breves instantes. E aqui não me refiro apenas a situações de entrevista de emprego ou primeiro encontro.

A primeira impressão que passamos e a percepção com que os outros ficam de nós condiciona todo o seu comportamento no futuro, pois estão a agir conforme a sua "verdade". Muitas vezes desprezamos situações de contacto com outras pessoas porque achamos que a sua informalidade não exige nenhum cuidado, o que não sabemos é que aquelas pessoas com quem nos cruzámos e fomos pouco simpáticas podem vir a ser o nosso patrão, colega de trabalho, senhorio, sogro, ...

Segundo um estudo, uma primeira impressão formula-se da seguinte forma:

55% Aparência e Ações
38% Tom de voz
7% Cultura e Intelecto

Isto já diz tudo, não é?
Depois há outros factores como a nacionalidade ou a firmeza do aperto de mão, mas que terão menos importância (sabendo, desde logo, que um desses factores, a nacionalidade, não é alterável).


A aparência e a forma como agimos dita praticamente aquilo que vão pensar de nós e o mais interessante é que essa imagem que fica na cabeça das outras pessoas é criada com apenas 10 segundos de interação!

Deixo-vos então algumas dicas para que não sejam atraiçoadas pelas primeiras impressões que criam sobre vocês!

Manter um visual cuidado 
Criar um guarda-roupa (como já falei aqui) à nossa imagem ajuda a que, mesmo sem pensar, criemos outfits adequados ao nosso corpo e àquilo que queremos transmitir. Além disso, se nos rodearmos de boas peças-chave (casacos, malas, sapatos) já mostra cuidado com a nossa apresentação. Unhas e cabelos sempre limpos e com corte adequado, obviamente.
A verdade é que não temos de sair de casa sempre como se fossemos encontrar a Rainha de Inglaterra (ou a atual do nosso ex ahahah) mas deve ser bem visível a atenção que damos à nossa aparência!



Ter sempre um sorriso disponível
As pessoas de sorriso fácil captam mais rapidamente a nossa atenção e percebe-se porquê, certo? Ninguém tem culpa que em casa tenhamos contas a amontoar-se por isso é importante ter um ar sereno sempre que alguém nos aborda, um leve sorriso. Quando isso não acontece, podemos ser facilmente apelidados de carrancudos ou que fiquem a pensar que não somos simpáticos.


Ser atenciosa e educada
Isto serve para as filas na peixaria do hipermercado, para quem vos pede as indicações para Freixo de Espada à Cinta ou para quem precisa de mais tempo para passar a passadeira enquanto vocês estão paradas no carro e atrasadíssimas para o trabalho/escola. Ter uma boa palavra, puxar do nosso civismo e dar atenção a quem nos pede uns instantes mesmo quando o Benfica perdeu na noite anterior pode ser no início um esforço mas passará a ser um hábito. E nós passamos a ser muito mais felizes!



Mostrar conhecimento e interesse pela atualidade
Nós nunca sabemos verdadeiramente com quem estamos a ter aquela conversa corriqueira à espera do autocarro, então se o tema assim o permitir, devemos trazer à tona o nosso lado mais curioso e interessado, sacar do bolso aquelas notícias sobre política internacional que vimos no dia anterior e escarrapachar as nossas teorias sobre a melhor forma de grelhar fanecas.
As pessoas que não têm opinião sobre nada raramente nos cativam. É tão mais interessante conversar com alguém que tenha ideias diferentes das nossas mas que as tenha!



Parece tão básico mas é muito fácil que num dia "não" passemos uma imagem menos positiva. A quantidade de coisas que pode influenciar aquilo que vão pensar de nós é enorme, então devemos acordar todos os dias com vontade de dar o nosso melhor, de nos pormos bonitas e levar o nosso melhor sorriso a passear. Acredito que já é meio caminho andado!



todas as imagens através de pinterest.com
Um beijo,
MariaDaniela

1 comentário:

  1. Realmente, não há uma segunda oportunidade para uma primeira impressão, não é verdade?

    ResponderEliminar