2 de novembro de 2015

2 minutos de "A minha vida é uma m*rda" (Atualizado! Yeeey!)

É a primeira frase que penso quando o despertador toca. Mesmo sendo mentira, é intuitivo pensar que a minha vida é uma bosta e ninguém merece e blá blá blá.

Sei que isto vai virar uma espécie de rubrica por aqui. Sabendo que a minha existência tem sido porreira, há sempre o momento em que parece que tudo o que é chato se sente atraído pelo meu belo sorriso! LOL. 

Hoje, foi um dia mesmo fatela. Daqueles ranhosos demais.


- O meu Super-Gato, de que vos falei aqui, desapareceu. Roubaram-no. O meu pai estava com ele por perto e, num momento de desatenção, três senhoras muito encasacadas levaram o bicho. Já não é a primeira vez que acontece. Durante o verão, um casal decidiu levá-lo para a sua casa de férias (porque o seu pelo lustroso e a sua visível barriguinha denotavam imensos maus tratos) e quando viram que ele era muito irrequieto começaram a querer OFERECÊ-LO às senhoras daquela rua. Como toda a gente sabia que era nosso, voltaram com a maior cara de pau entregá-lo. 
Agora, estamos todos de coração nas mãos, à espera que se fartem dele ou que ele simplesmente fuja. Torçam por ele, boa?

- A minha semana de trabalho devia ter começado hoje. A semana e o início de um novo contrato, de uma nova fase. Mas não. O meu antigo e futuro chefe simplesmente foi de férias e esqueceu-se de tratar de alguns documentos. Este assunto nem merece mais comentários!

- Por fim, o edifício está a entrar em obras e a "minha" equipa vai ter de se mudar durante 5-6 meses para uma sala provisória. A sala está dividida em dois gabinetes e eu vou ficar sozinha APENAS com a ÚNICA pessoa que não gosta de mim. A senhora mais estranha e mais frustrada com que já me cruzei na vida. A sério?! Não havia mesmo mesmo mais ninguém?!


Era só isto. Partilhem, se quiserem, porque é que a vossa vida também é um bocadinho uma bosta! :P


A minha jóia pequenina e peluda APARECEU!!! A minha tia contou-nos que o viu no quintal de uma vizinha nossa e nós (eu e a mãe, rijas!!!) fomos lá bater à porta! Inventou uma história muito contraditória e nós nem ligámos, queríamos era tê-lo no colo. Agora vai passar a viver cá em casa connosco! Obrigada pelas vossas boas energias, eu tenho a certeza que fizeram a diferença! <3 


Um beijo,
MariaDaniela

6 comentários:

  1. Espero que o teu gato volte :( Também tive um, o meu primeiro gato, que desapareceu a cerca de 8 anos e nunca soube o que foi feito dele :(

    ResponderEliminar
  2. Bem... realmente que pouca sorte...
    Espero que se resolva tudo com o teu gato! Há gente muito sem noção...

    ResponderEliminar
  3. Oh, coitadinho, nem sei se acontece o mesmo com a minha pipoca.

    beijinho.

    osmeustelhados.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. E se a tal senhora que não gosta de ti (e de quem também não gostas) vem aqui ler o blog? Não achas que vais piorar ainda mais as coisas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ninguém sabe que eu tenho um blog. Nem os amigos mais próximos.
      Obrigada pelo reparo :)

      Eliminar