19 de novembro de 2015

O meu cabelo é liso e fino. E agora? #4 - Hidratação

Ter um cabelo fino normalmente envolve oleosidade. No entanto, ter as raízes oleosas não impede que as pontas espiguem e sequem. Infelizmente.
Acho que devemos ser sempre optimistas e ver o lado bom das coisas. Se o nosso cabelo não é seco (tipo palha d'aço) devemos apostar em tê-lo sempre brilhante e com as pontas impecáveis, já que volume e definição não é a nossa cena.

Tenho a sorte de ter um cabelo que cresce muito (Dizem que tem que ver com a alimentação. Claro! Aqui só se comem vegetais e peixinho grelhado! *cof cof cof*) e que é muito leve.
Gosto do cabelo que tenho e por isso tento tratá-lo bem. Mas para mim "bem" não significa afogá-lo em produtos. Ora atentem.

A altura em que o nosso cabelo mais sofre é no verão. Aclara e seca. Nesta estação do ano é importante fazer máscaras de hidratação. 
Podem comprar as vossas máscaras preferidas em hipermercados ou parafarmácias e simplesmente aplicá-las. Se sentirem que é necessário podem intensificar o seu poder de nutrição adicionando uma colher de azeite ao produto que vão usar ou outros produtos de reparação como as ampolas de que já todas ouviram falar, da Pantene. 
A regularidade deste ritual deve basear-se no estado do vosso cabelo. Eu nas estações quentes fazia de duas em duas semanas, mas é convosco.

Também tenho sempre o cuidado de quando estou exposta ao sol (praia!) fazer um daqueles coques improvisados de forma a encobrir as pontas junto ao elástico e assim haver uma menor afectação solar. Acreditem que ajuda.

Por fim, talvez a questão mais polémica. Eu lavo o cabelo todos os dias. Nunca usei champô seco (mas quero experimentar) porque gosto muito de ter o cabelo brilhante e leve, sem artifícios. 
Lavar o cabelo com esta regularidade não tem consequências negativas porque eu não uso champôs de tratamento. Lavar os fios diariamente só com produtos de uso regular. Palavra do meu dermatologista querido. 
Desta forma, com champô para dar brilho ou volume e condicionador para hidratar, o meu cabelo aguenta largos meses (mesmo atravessando o verão) sem precisar da tesoura assassina. Mas eu não tenho medo dela, como podem ver aqui.
Atenção, que não estou de maneira nenhuma a tentar incentivar-vos a lavar os vossos cabelinhos todos os dias. Ajam de acordo com as vossas necessidades. Somos todas diferentes.

Agora, uma coisa que tento dispensar ao máximo: químicos e mais químicos!
Não uso óleos nem cremes para desembaraçar (trato disso no banho com o condicionador), para dar brilho, para dar suavidade, para cheirar bem, para cantar o hino. Nada disso.
Tenho um óleo, que gosto de ir mudando, para proteger do calor quando uso secador e escova circular. Como isto acontece pontualmente, estes produtos duram muito e não me encharcam os fios de fórmulas manhosas. 

E é isso. Mantenho esta postura ao evitar muitos produtos capilares e tento protegê-lo naturalmente. A última vez que o cortei foi em Abril, pela altura dos meus anos, e até agora continua muito bonitinho, com as pontas suaves e nadinha espigadas.
Em poucas palavras, acho que o meu "segredo" é não complicar!



Contem-me as vossas histórias e os vossos dilemas capilares, que estão fartas de ouvir dalar dos meus!

Um beijo,
MariaDaniela

6 comentários:

  1. A minha relação com o meu cabelo é uma espécie de amor/ ódio. Há uns dias em que adoro ver-me ao espelho, devido ao volume e à forma do ondulado, mas há outros em que só me apetecia ser bruxa para lhe poder aplicar instantaneamente um feitiço de alisar e assim não tinha de me preocupar mais porque sabia que ia estar bonito. Cabelos lisos é assim, não tem como falhar, mas o meu que é um misto de "não sou carne nem peixe", é muito difícil de domar.
    O meu cabelo é fino e com tendência a frisar, pelo que nunca o posso deixar secar ao natural, caso contrário ele ganha volume nas pontas devido ao frisado, fazendo com que eu pareça... nem sei bem, uma mulher das cavernas?! A minha solução é aplicar um produto para ajudar a formar caracóis, mas nem todas as vezes ele fica bonito, ora os fios ficam demasiado soltos uns dos outros e acaba por perder a forma, ora até corre bem e durante uns 2 dias tenho um penteado que gosto (outro problema dos cabelos aos caracóis é que com o passar dos dias estes começam a soltar-se e a ficar selvagens, sendo que não existe outra alternativa senão lava-lo de novo, e voltar a pentear.... grrrr). Uma vez que não possuo os dotes de uma boa cabeleireira, sempre que tento alisá-lo em casa, devido à natureza frisada e dos fios serem muito finos, nunca consigo um bom resultado, seja com o recurso ao secador ou prancha ou até aos dois... Um dilema autêntico, pelo que acabo por desmotivar bastante com o meu cabelo e convenço-me de que não há solução para ele. Para além do mais não posso experimentar penteados novos, porque é muito difícil de domar, acabando sempre por ficar pelo comprido escadeado pelo meio das costas.
    Por isso meninas não se queixem dos vossos cabelos, duvido que no mundo exista alguém com uma relação tão ou mais complicada com a sua cabeleira do que eu. Mas é o resultado da genética, contra isso nada a fazer (e visto que em relação ao resto do meu corpo não me posso queixar de mais nada, é melhor não reclamar muito pois, apesar de tudo, até tenho muita sorte) :p

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo teu testemunho, Alexandra! Acredito que mais do que os cabelos encaracolados, os ondulados devam ser dos mais difíceis de disciplinar. É como tu dizes, não são carne nem peixe. É preciso paciência e estar sempre a aprender truques novos.
      Mas bom, se a nível físico não te podes queixar de mais nada, no fundo no fundo até tens sorte! :D
      Um beijinho!!

      Eliminar
  2. Tens o mesmo tipo de cabelo que eu!

    ResponderEliminar
  3. Tinha tanto para falar.... mas estou a ver que também me entendes....

    http://despertarosonho.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Olá. Passei de lavar o meu cabelo dia sim, dia não, a duas vezes
    Bastou uma ida ao dermatologista, a toma de 2 comprimidos e mudança de champô.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu cabelo também anda um bocadinho melhor mas passa de facto pelos meus objectivos para este ano cuidar mais de mim e tentar arranjar melhores soluções para o meu cabelo!
      Obrigada pelo teu comentário!!

      Eliminar