3 de dezembro de 2015

O 100º post e "O que aprendemos na Blogosfera?"

Sou uma vergonha. Demorei mais de 7 meses até chegar a esta marca. Para mim é um número importante. Porque nunca me levei a sério nisto de escrever publicamente, tendo o público o tamanho que tiver. 
Nestas 100 publicações, penso que já partilhei muito. Já escrevi em momentos de euforia e já escrevi com a fronha tapada de lágrimas, quando me obrigava a pensar noutros assuntos! 
Tive imensas brancas e pensei que isto estava a ser demasiado confuso para continuar. Só que percebi que vocês que estão desse lado, nunca me exigiram nada! Por isso, não havia pressão, não havia nada que pudesse correr mal... E continuei.
Mas há muita gente que não continuou. Vi blogs recém nascidos (antes e depois do meu) serem apagados, serem abandonados. Gostava de conhecer as motivações de quem abandona algo tão pessoal e intransmissível. Não julgo, tal como não entendo.

Depois deste post prometi escrever este, que componho agora. 
Sou uma eterna curiosa. Não imaginam a paixão que tenho pelo comportamento humano. Não segui Psicologia por distracção. A complexidade do ser humano surpreende-me todos os dias e é isso que eu adoro.
Mas o que é que aprendemos com a Blogosfera? 
NADA. 
Melhor, aprendemos uma coisa apenas: que este "mundo" é mais intenso que a realidade. Normalmente para pior. Já lá vamos.
Aqui, os laços que se criam através dos blogs são fortes e nem mesmo a distância proíbe que exista carinho entre duas pessoas. Existem por aqui raparigas que adoro! Gosto mesmo muito delas e tenho a certeza que se vivêssemos perto seríamos amigas. E isso é fantástico e quebra imensas barreiras. 
Só que há o depois! O depois é o anonimato ou o jogo de interesses, por exemplo. 
O anonimato abre um leque de possibilidades. Pode comentar-se o que bem se entender que a identidade fica salvaguardada. Pode dizer-se que se ama o autor ou que o vimos na discoteca de rabo ao léu. 
Nos blogs mais conhecidos é comum ver a verborreia que se debita na caixa de comentários. Os motivos podem ser milhares. O interessante é ver alguém falar sem filtros, porque pessoalmente a conversa teria de ser controlada.
Eu tenho a caixa de comentários aberta a anónimos por isso mesmo. Para ter reacções sinceras e comentários transparentes.

O outro ponto. Aquele que mais me faz rir! Podemos falar de grupos no facebook por exemplo. Grupos com nomes do género "Mega Comentários" e basta publicares lá o link do teu blog e as outras raparigas vão deixar-te comentários parecidos a este:

Gira.
jessicamarisalinda.blogspot.com
MEGA SORTEIO de uma pulseira no blog: jessicamarisalinda.blogspot.com/estapulseiraemuitafixemesmo
facebook.pt/jessicamarisaclubedefans
@jessicamarisafazmeumfilho

E ficamos todas contentes por saber que a nossa gata que perdeu um olho é gira. Nada mau. 
Mas isto é apenas um exemplo. Há os pedidos de trocas de divulgação, que até nem acho mal. Só que essas divulgações têm de ser com conhecimento de causa.
Há pouco tempo contactei uma blogger por determinado motivo e a rapariga, atenciosa!, disse que se eu quisesse divulgaria o meu blog no dela. Claro que não respondi. Por que motivo havia uma pessoa de fazer publicidade ao meu blog se nunca leu aqui uma única frase?

Nop, não quero ser a mega blogger do país, a queen da blogosfera. Adoro receber os vossos comentários e saber que estão aí, mas nunca vou querer fazer vida disto. Nunca trocaria a minha carreira que está a começar por isto. Vocês sabem disso desde o início. Então, claro que não vou querer que toda a gente me comente ou que toda a gente me divulgue.
Quero só manter quem tenho por cá e talvez crescer mais um bocadinho. Essencialmente que leiam, que aprendam e que me ensinem coisas.
Porque eu não vou mudar de atitude, tenha 100 ou 100.000 seguidores. Gosto de escrever e gosto que isto de ter criado um blog me tenha tornado mais organizada, ainda mais metódica, mais atenta e mais apaixonada. Apaixonada por tendências, por beleza, por batons e por vocês que me fazem acreditar em coisas tontas como o carinho por perfeitos desconhecidos.

Obrigada por estarem desse lado.
Vossa,
MariaDaniela

6 comentários:

  1. Parabéns pelos 100 posts! Também demorei uns bons meses para lá chegar :P
    E concordo tanto contigo quando falas daqueles comentários :P E mais "Great post ----follow my blog" seguido de links gigantes? Adoro xD
    Mas no meio de tantos comentários desses, sem significado, também vêm os comentários bons, aqueles que tu ja distingues mal vês o nome e com quem parece que já tens conversas há algum tempo. O teu nome no meu blog é um deles, tu sabes :)


    Beijinho grande :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Opá que bom ter aqui um comentário teu!
      É verdade, há por aqui imensa coisa que faz pouco sentido! Mas os autores desses comentários são aqueles que desistem ao fim de uns meses por perceberem que mesmo com a mega divulgação ainda não são super famosas! ahah
      Sobre os meus comentários no teu blog, a culpa é tua! Por seres tão acessível e tão tudo nesta vida! :P
      Beijinhooos!

      Eliminar
  2. Parabéns Maria Daniela, gosto muito de te ler tanto aqui como em comentários em outros blogs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Ana! Gosto muito de te ter desse lado! :)

      Eliminar
  3. Parabéns :) eu ainda tenho um longo caminho pela frente :P
    Todos os dias venho cuscar o teu blog e estou sempre curiosa para ler o que escreves sobre um novo assunto, acho que isso deve significar alguma coisa :)
    Continua assim ;) Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caraças, sabe-me tão bem ler estas coisas! Obrigada meeeesmo por estares desse lado! :)
      Um beijinho!!

      Eliminar