14 de janeiro de 2016

Um up no cabelo? Balayage e Babylights!!

Gosto de mudar um bocadinho quando o assunto é o meu cabelo. Corto mais ou corto menos, escadeio desde cima ou deixo-o direito mas tento sempre que não fique tudo igual.
Só que há um pequeno pormenor: eu detesto pintar o cabelo! Não tenho por costume pintar e deve ser difícil criar esse hábito. E porquê? Porque sei que sou desleixada e não suporto ver raízes! Sei que se pintar é isso que acontece, quando dou por mim tenho 3 dedos de raíz e isso descompõe tudo. Nem uma Chanel debaixo do braço nos salva! ahah Acho que não tem bom ar e por isso nem me aventuro.

Mas como sei que vocês desse lado são raparigas mais atentas do que eu, deixo-vos duas tendências que adoro! Balayage e Babyligths! São métodos de coloração de cabelo que mudam por completo a luminosidade do rosto e da nossa figura. Ora vejamos.

Balayage

Uma balayage é uma coloração permanente que consiste em aclarar determinadas zonas do cabelo criando contraste.
Esta super tendência é realizada preferencialmente em cabelos naturais e deve respeitar a cor base. É particularmente indicada para as bases médias e claras para que não seja um processo muito longo e moroso. Nestes tons de cabelo também é mais fácil que a coloração fique mais natural, enquanto que em fios de tom mais escuro há mais hipóteses de que o resultado seja um pouco artificial.
Ficam alguns exemplos abaixo.

Balayage technique, Balayage before and after. Balayage in Denver www.hairbynatalia.com 720-917-5165:





Babylights

Babylights são finas madeixas que partem da raiz e que adquirem no máximo duas tonalidades mais claras que a cor natural do nosso cabelo. A intenção é iluminar os fios com a maior naturalidade possível, contrariando a monotonia de um cabelo uniforme em termos de cor. 
Esta novidade é a grande opção para quem sempre quis um tom ligeiramente mais claro mas não quer mudanças radicais. É comum que estas madeixas se concentrem um pouquinho mais na zona mais próxima do rosto para trazer luminosidade à nossa tez. 
Confesso que é a minha maior inspiração neste momento, mesmo tendo a minha reserva em pintar.
Alguns exemplos:




Todas as fotos do Pinterest

E como de certeza que já tinham saudades de ouvir falar de cabelos, aqui fica este post fofinho. Mentira, criei esta publicação para organizar as minhas ideias!! Muahahah
Acho que estes tipos de coloração enaltecem mais os cabelos com ondas ou cachos do que os lisos, ainda assim penso que ninguém deve ficar de fora se gostar destas "luzes" nos seu fios. 
Eu adoro! E como não sou de ir a correr atrás de tendências, talvez quando cortar (muuuuuito) o cabelo invista nesta mudança tão perfeitinha de visual (porque com este tamanho é chato chato chato fazer ondas que fiquem decentes).

E por aí? Ainda andam a tentar ver-se livres das californianas ou são como eu e evitam pintar? Têm sempre a vossa coloração no ponto ou também se desleixam um bocadinho? Vá, vá, vá, eu juro que não vos julgo!! ahah

Um beijo,
MariaDaniela

6 comentários:

  1. Eu nunca pintei o cabelo mas cada vez ando com mais vontade de fazer umas experiências...
    nem mais nem menos

    ResponderEliminar
  2. Eu gosto muito mas tenho sempre medo de estragar o cabelo mas quem sabe lá para o final da Primavera não faça algo do género ;)

    ResponderEliminar
  3. Euuu sou daquelas sortudas que mal nasci já tinha cabelo branco estás a ver o cenário? Portantoo o que é que uma pessoa faz com 23 anos? Vai obviamente pensar em pintar o cabelo para não ver os brancos. Confesso que ter um ataque cada vez que vejo um novo cabelo branco ao espelho e pensar que estou com os dois pés na côva, não é das minhas cenas preferidas!
    Mas a minha cabeleireira diz que sou muito nova para pintar e para ficar refém de ter de ir pintar frequentemente. Então o que eu coloco é gloss ou sobretom. Ajuda a disfarçar os brancos, não é tão hardcore para o cabelo e dá-lhe mais brilho. Sai com as lavagens, basicamente sempre que lavo vejo preto a sair com a água.
    Mas ultimamente ando com umas ideias de fazer umas coisas diferentes, tipo a terceira foto que colocaste. Gosto muito muito!
    Coragem é que não sei onde ela tá :P
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fogo que azar. Tu realmente és um case study. Bronzeias com imeeensa facilidade mas depois os cabelos ficam brancos numa idade destas!
      Felizmente há alternativas à coloração permanente que é um bocadito agressiva para além de que requer uma manutenção apertada e tudo mais.
      É, acho que ao ver estas imagens ficamos todas com um bocadinho de vontades! Eu gostava de fazer uma brincadeira destas ou pelo menos aclarar uns tons aqui dos fios mais perto do rosto. Vamos veeeer!
      Quem tem coragem para cortar como tu cortaste, tem coragem para tudo na vida! :P
      Beijocaaa!

      Eliminar
  4. Eu pinto ja ha uns anos porque gosto de mudar de vez em quando. Ja pintei de variadissimas cores (nunca das radicais mas ja fui de ruivo a preto lol) e tambem nao suporto ver raizes demasiado pronunciadas. Mas se fizeres nuances e forem bem feitas (nomeadamente as tecnicas que mostras) quase nao se nota o crescimento. Houve uma altura que estava tao farta de ter de ir pintar que fazia madeixas :). Agora na Noruega è complicado manter seja o que for (ate ja pintei em casa xD) porque uma ida ao cabeleireiro nao custa menos de 50 euros (so corte!!!) por isso aproveito quando vou a Portugal para fazer tudo o que tenho direito :D.

    http://goingnorthtilnorway.blogspot.no/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, estes estilos são fixes porque não mostram desleixe com o crescimento do cabelo. O meu maior medo é que não encontre um profissional competente para me fazer isto e que fique uma bela porcaria.
      50€ só corte é uma roubalheira descarada! Os miminhos ficam portanto para quando estás cá, parece-me muuito bem!
      Beijinhos

      Eliminar