9 de maio de 2016

Não te avisaram que ser Mulher era isto.

Não tenho nenhuma veia feminista mas achei que devia deixar aqui algumas considerações.
Ser mulher é maravilhoso, só que ainda tem muito que se lhe diga.

- Não te prepararam para os timings.
Ter uma carreira tão sólida como os teus glúteos (ginásio 4x por semana, sim?!), bem casada com um doutor ou engenheiro e um pequeno repolho antes dos 30. Vá, na loucura até aos 35. A partir dos 40 os sorrisos que te dirigirem já serão de alguma pena. 
Espera-se que sejas inteligente e não percas nenhum ano na escola, que estejas sempre no topo mas que a tua libido seja controlada. O que é que os teus vizinhos achariam se trocasses de namorado com a mesma facilidade com que lascas uma unha?!





- Não te avisaram que nem sempre ias ser levada a sério.
Se disseres que gostas e percebes de futebol, que te interessas por mecânica e que és tu que tratas da canalização de tua casa possivelmente receberás como resposta uma gargalhada maliciosa "Of course you do...". 
Embora estejamos a destronar os homens em muitas situações (posições de chefia, desporto, investigação,...) há mitos e preconceitos que são mais difíceis de descolar que uma lapa da rocha. Por demorares a arranjar-te assume-se que para ti o essencial é a aparência, a tua simpatia é confundida com flirt e vão sempre oferecer-te ajuda por acharem que não consegues carregar dois dossiers cheios de tralha.




- Não te prepararam para o massacre que é a publicidade a produtos femininos.
Começam com as adolescentes bonitinhas de gloss e sombra rosinha e quando dás por ti já te estão a direcionar tantos produtos que custa a crer que exista de facto uma pele debaixo de tudo aquilo. 
Unhas perfeitamente cuidadas, tratamentos para a celulite, para o acne, para as estrias, para os joanetes, extensões de pestanas, solário, extensões de cabelo, depilação definitiva, lipoaspirações e cirurgias estéticas. Calma. A filosofia é sempre "para que te sintas bem no teu corpo" mas acabas irremediavelmente por te odiar um bocadinho de cada vez que vês aquela rapariga "beach body ready" num outdoor cheia de photoshop. A mais subtil forma de bullying.




- Não te avisaram que muitas vezes és um "pedaço de carne".
Ou o teu decote os provoca, ou o teu ar meiguinho ou o simples facto de seres uma mulher bonita. Vais ser contratada pelo menos uma vez na vida essencialmente pela tua aparência, vais ser olhada como se te conseguissem ver nua e vais fartar-te de tudo isto um bocadinho todos os dias. Vais ser descaradamente assediada e vão chamar-te nomes feios em função do tamanho da tua saia. Ingrato, hum?




Só que mesmo com tudo isto, ser mulher é fantástico. É aguentar melhor a gripe e as dores menstruais, é poder ser mãe e ter liberdade para não o ser, é ser criativa, multifacetada e dominar o mundo de saltos altos. 
Sintam-se à vontade para partilhar as coisas mais estúpidas por que já passaram por serem mulheres.

Boa semana,
MariaDaniela

3 comentários:

  1. Adorei este post! De facto ninguém prepara ninguém para aquilo que uma rapariga acaba por "sofrer" mesmo que seja sem querer...
    Grande beijinho e ótima semana,
    Madalena

    www.maadalenaaa.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Também nunca me preparam para dias que não têm horas suficientes e isso é o que me chateia mais! A verdade é que quando brincava com Barbies e Kens os dias pareciam que duravam uma eternidade :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes as tuas obrigações eram pouco mais do que brincar. Então nunca ficava trabalho por fazer... Hoje os dias são minúsculos e basta um descuido para que somente dividas o teu tempo entre trabalhar e dormir. Bela porcaria!! :P

      Eliminar