6 de julho de 2016

em 2016, vou corrigir as minhas falhas!





Decorria a fatídica noite de Reveillon quando eu atribuí a 2016 a missão de ser um ano em que tentaria corrigir aquilo que mais me deixa desconfortável em mim mesma.
Já não me importa que não gostem de mim, já não me incomodam as sucessivas comparações e espero que no futuro já não me incomode como os outros vêem o meu sorriso. 
  
(Preparem-se que isto é capaz de sair daqui uma biografia.)


A partir dos 18 anos, os meus dentes começaram a apinhar-se à frente devido à pressão que os malvados sisos exerceram para nascer. Fui adiando a correção deste problema tanto porque não queria que fossem os meus pais a pagar por isto como por ter outras urgências, nomeadamente comprar carro e estabilizar a conta bancária acima do zero.
Em 2016, achei que já me sentia confortável em todos os aspetos e comecei a minha luta.
Conheci uma clínica que tinha aberto cá recentemente e como adorei a simpatia de toda a gente achei que estava no lugar certo. Fiz o estudo, com todos os exames e fotos esquisitas, e no final deram-me opções. Escolhi aquela que se adequava mais ao meu caso e fizemos ajustes para que no final fique tudo como eu quero.
Aprofundemos então nos termos mais-ou-menos-técnicos e seja o que Deus quiser.

Ora bem, a minha escolha recaiu para um aparelho que trata somente o alinhamento dos dentes.
Porquê? Porque  o meu caso é extremamente simples.
Não é necessário corrigir a mordida, não é necessário alinhar a linha média (o meio dos dentes da frente de cima com o meio dos dentes de baixo), não é necessário alargar o maxilar.
Então, tanto o Sistema de Damon (temos como exemplo a Helena Coelho que tem este tipo de aparelho atualmente), como o Auto Ligável ou o Lingual servem para tratar problemas muito mais severos do que o meu.
Até chegar aqui, houve tratamento de cáries, destartarização e todo o acompanhamento necessário para que, chegando o dia de colocar brackets e fio, tudo estivesse em condições. Drª. Adriana e Dr. Miguel, vocês tornam as idas à clínica numa diversão. Obrigada!

Pois é, agora que a minha boca se está a adequar a esta presença metálica, a minha preocupação é essencialmente a maquilhagem! (Questões de dor ou higiene do aparelho não me incomodam minimamente.) Eu, que resumo maquilhagem a tratar da pele e aplicar um batom marcante, estou a ver a minha vida a andar para trás. Não domino propriamente a maquilhagem de olhos e não vou passar a acordar mais cedo por causa deste detalhe. No entanto, estou a prever que vou passar a ser a Miss Gloss e a dar mais destaque ao olhar, nem que seja em 2 minutos!
Portanto, quem já passou pelo drama de ter ferro colado aos dentes que me dê dicas que eu estou um bocadinho às escuras. Quem se safa bem a maquilhar olhos também me pode dar uma mãozinha (ou as duas!) que eu agradeço com emoção!

Sei que usar aparelho ortodôntico não é propriamente uma novidade e que se calhar uns 40% das que estão desse lado já passaram por isto, no entanto não podia deixar de partilhar este investimento que decidi fazer na minha estética.
Quero então que fiquem à vontade para partilhar a vossa história ou para deixar qualquer questão que tenha ficado por responder.

Um beijinho metálico,
MariaDaniela

8 comentários:

  1. Olá Maria Daniela*
    Não te conheço mais do que aquilo que deixas transparecer pelo blog e penso que é a primeira vez que aqui comento... Mas, tenho acompanhado à distância o teu blog há já algum tempo e gosto muito (da forma como escreves sobre ti, sobre coisas em geral e sobre moda e afins). Posso estar errada, mas a sensação que me dá é que passaste um mau bocado e que conseguiste dar a volta por cima... Bem, isto tudo para te parabenizar pela resolução de 2016 e pela decisão de mudares aquilo que TU menos gostas.
    Infelizmente a minha rotina de maquilhagem é muito semelhante à tua, por isso não te posso ajudar :)
    PS: acho que estás lindíssima na foto!
    Beijinhos

    Juliana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Juliana, todos os meus poros estão a transpirar! Ok, a imagem não é bonita :P Muito muito obrigada pelo comentário tão bom! Caraças, como meia dúzia de linhas tornam logo o dia mais bonito!
      Todos temos os nossos maus bocados, não é? A chatice é que eu esperneio muito e tento não me deixar engolir pelos problemas! Tem de ser.
      Obrigada pelo carinho e pelo incentivo. Nem fazes ideia do bom que é ter miminhos destes!
      Beijinhos!

      Eliminar
  2. Gira sem aparelho, gira com aparelho...cuidado com a maior brasa do Algarve!! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que simpatiaaaa! Vou emoldurar este comentário que tão cedo não ganho outro tão mimoso ahahah

      Eliminar
  3. Eu não sou de todo a pessoa certa para comentar este post porque não uso maquilhagem regularmente e quando me quero arranjar mais vejo-me Às aranhas. Mas adorava usar 2 minutos da minha manhã a pôr-me mais apresentável e que resultasse :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é difícil. É certo que tudo vai lá experimentando mas quando percebemos o que funciona connosco já se torna quase automático! E juro que não demora muito mais que dois minutos! :P
      Beijinho

      Eliminar
  4. PRIMEIRO, que foto LINDA!! Correcção: TU és tão giiiiira! =))
    Com esse ar tão doce e simpático, o "aparelhometro" nas dentuças mal se nota!
    É óptimo quando alcançamos os nossos objectivos com o nosso próprio esforço e se é algo que te fará sentir melhor, melhor ainda.
    Eu também já usei aparelho (do 9º ao 12º ano), mas o serviço não ficou lá muito bem feito, pelo que gostava de voltar a corrigir (como é pouca coisa, nem ia levar tanto tempo). A dentista achou por bem arrancar-me dois dentes, porque supostamente estavam a estorvar, mas quando tirem o aparelho os dentes "deram-se" e já não estão com aquele alinhamento perfeito (biiiiiitch)! Agora ando metida noutras despesas, mas um dia também ainda volto ao "sorriso metálico"! :D

    Beijinhoooo *

    http://agatadesaltosaltos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Opá obrigada, Gata! Que comentário tão bom!
      Não sabia que já tinhas usado aparelho... Eu acho que miúdas tão sorridentes como nós obviamente nos sentimos melhor a projetar algo que seja o mais perfeito que conseguirmos. Usar aparelho não é a coisa mais confortável da história mas penso que o resultado compensa todo o esforço!
      Beijinhoo

      Eliminar