29 de setembro de 2016

A lycra está pela hora da morte!

greatist.com

Ele há coisas do diabo. É a crise do petróleo, a extinção do urso panda e o preço da lycra. 
Nos meus tempos de moça nova, o que não faltava era tops e calças de lycra nas feiras a desafiar o sistema circulatório das pessoas mais saudáveis. Era em cores berrantes e em preto, pró menino e prá menina, havia de todo o estilo a 5€ a peça.
Os tempos mudaram (sempre para pior, camaradas, sempre para pior...) e agora, ao que parece, calcinha de lycra é artigo de luxo. Acima de pele genuína, arrisco-me aqui a dizer!

Pois que uma pessoa se quer chegar aos 40, tem de meter as gordurinhas a abanar rua acima rua abaixo lá de vez em quando mas com o preço a que está a roupinha que se cola ao corpo tipo sanguessuga, pá... Não sei se vai dar!
Tudo bem que fica tudo muito acondicionadinho, tipo embalado a vácuo, selo de certificação, não mexe ali nada, mas e com que consequências? Uma conta bancária triste, deprimida, contemplando com serenidade o suicídio. 
É que parecendo que não, 30€ por umas collants modernas ainda é muito dinheiro! Mais 30 para o soutien de desporto que uma pessoa saiu ao pai mas que seja para manter as peles cá em cima, tal e qual. Mais 20 para um topzinho do mais básico, que estamos em contenção, e a ser poupadinhas, mais 80 euritos para umas sapatilhas. E já nem vou entrar em paneleirices de relógios que contam as batidas do coração e meias xpto e luvas e o diabo a quatro. Tenhamos juízo. 
Fazer desporto passou de um prazer despretensioso (caríssima a palavra! quase me dava para meia perna de legging.) a um investimento e ao "Olha que eu uso tudo da marca Hike". Para o exibicionismo pacóvio já temos o dia-a-dia, não precisavamos de tornar também aquele pequeno e suado escape à realidade numa parvalheira de dinheiro gasto de forma duvidosa.
Criei agora mesmo a opinião de que o Estado devia agregar ginásios ao sistema nacional de saúde e que as roupinhas para esses esforços fossem comparticipadas. Pelo menos para mim que tenho um rostinho de meter medo e ao menos que tivesse um belo par de glúteos rijos para compensar! 
Até quase que me dá vontade de montar aqui um partido a ver se isto vai para a frente!... Graças a Deus já passou.
Enquanto ninguém com eles no sítio avançar com a proposta, vou continuar no dilema de sempre. Compro um soutien de desporto e como alface o resto do mês? Que tal doar um rim para comprar umas leggings? Está tudo em cima da mesa... Tudo em cima da mesa.

A taberneira cá do sítio.


10 comentários:

  1. Estou contigo, é que nem na primark os preços são com esperamos!
    É de desgraçar a carteira quando penso em comprar qualquer peça para desporto, acho que ha agora um certo abuso pela afluência que existe.
    Mas se pensarem levar as tuas ideias em frente, conta comigo para as manifestações :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A mim custa-me horrores dar mais de 20€ por uma peça de desporto. No passado fim de semana fui à primark e comprei mais umas coisinhas porque realmente é o único sítio onde encontro alguma qualidade a um preço razoável. De resto, até as Bershkas desta vida andam armadas em parvas com as etiquetas!
      Pronto, vou começar a fazer os cartazes! :P Beijinho

      Eliminar
  2. Cada vez mais gosto da "taberneira cá do sítio". Para mim, já não basta ter de fazer desporto - não sou grande adepta mas tem de ser de vez em quando - ainda ter de pagar muito pela roupa é de desesperar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muuito obrigada, Cat! Mas é isso, uma pessoa paga os olhos da cara para sofrer. Este mundo está roto...

      Eliminar
  3. Eu ainda sou do tempo que compensava mais comprar roupa de desporto na Oysho do que ir a Nike! Agora? Whaaaat?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, agora não sei se muitas peças da Nike não serão mais baratas! Mas tu já fizeste o que tinhas a fazer. Podes é sempre ir comprando umas coisas (um tamanho acima, sff.) e juntar tudo num saquinho e oferecer no natal aqui à amigona do coração!

      Eliminar
  4. Parece que fazer desporto ficou na moda e há quem se aproveite disso. Sou da opinião de que tudo o que tem a ver com desporto devia ser mais barato, de forma a incentivar mais pessoas a fazê-lo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exacto. Quando falei nos ginásios pertecerem ao SNS disse em tom de brincadeira (registo habitual destes textos) mas acho que deviam haver apoios à prática de atividade física. Assim, quem emagrece é a carteira, coitadinha.

      Eliminar
  5. Ai também acho os preços praticados hoje em dia ridiculos! Eu costumo ir à amiga Primark, apesar da qualidade não ser xpto os preços sempre são mais convidativos.

    Marli, do My Own Anatomy ♥

    ResponderEliminar