19 de setembro de 2016

Time to shine, again!

As coisas nem sempre são o que parecem. As miúdas de feitio gelado como eu gostam de parecer um poço de segurança mas se calhar são mais os truques de ilusionismo que efetivamente a confiança em si mesmas.
Para além da postura, da forma de vestir e abordar as pessoas, o meu cabelo também diz imenso sobre mim, embora seja tímido.
Já me fartei de dizer que tenho tido sempre o cabelo comprido, apenas lhe dei um corte à séria em setembro de 2014. Os meus longos fios nem sempre foram/são uma vaidade, um elemento a exibir com orgulho. Muitas vezes andamos longe disso.
Sempre vi o meu cabelo como uma forma de esconder o meu corpo com tudo aquilo que posso e não posso mudar nele. É como que um aconchego, algo que me protege, que me disfarça.
Só que não consigo esquecer o quão feliz fui com o meu lob. Como me sentia fresca, elegante, sofisticada. O cabelo foi crescendo e o medo de voltar a arriscar também.

Parece que não, mas é muito mais arriscado ter o cabelo médio ou curto do que no conforto do comprido. E eu detesto sentar-me à sombra do seguro, na minha bolha.
Portanto, este é um post diferente. Publico agora uma foto do meu cabelo atualmente e daqui a pouco, quando sair da cabeleireira, publicarei o nosso corte do meu cabelo.

Antes.


UPDATE:



Acho que nunca tinha dito tantas vezes "pode cortar mais". Ao início pedi-lhe que tirasse um palmo, ela cortou 4 dedos. Vi que ela achava que eu devia estar sob influência de psicotrópicos e então foi com jeitinho. Quando finalmente indiquei por onde queria que ela cortasse, olhou para mim como quem aceita a missão de povoar Marte e seguiu.
Depois, com os ajeites que os fios iam precisando, começou o pânico de afinal estar curto demais. Só no fim é que voltou a satisfação de há 2 anos! Adoro sentir-me assim levezinha e fresca!

Prometo que amanhã sai uma foto mais jeitosinha do meu novo e amado corte de cabelo!

Um beijo,

MariaDaniela

3 comentários:

  1. Eu cortei o meu pelo ombro há dias... tinha-o do tamanho do teu. Mas não me arrependo absolutamente nada! Força nisso :) O cabelo é coisa que tem solução... lá acaba por crescer!

    ResponderEliminar
  2. Onde está a foto??? :-p

    ResponderEliminar
  3. ahhhhh ainda não tinha visto! Xinapá, mas que bem :D

    ResponderEliminar