1 de dezembro de 2016

[Aldo] A mala que todas nós devíamos ter!


Esta foi a minha compra mais ou menos impulsiva da Black Friday. Não pensava comprar bolsas nesta época mas quando, num deslize dos diabos, me lembrei de ir ver se a Aldo ia ter descontos soube que estava o caldo entornado. À meia noite vi-a, namorei-a mais uma vez e pensei que se de manhã continuasse a achar que era boa ideia, então tinha mesmo que ser. Pois que sonhei com o raio da mala a noite inteira! De manhã lá fui eu alegre despachar o assunto e consumar o amor!

Este modelo chama-se Greenwald e captou as atenções por ser uma alternativa um pouco mais acessível desta da Zara que também é incrível ou por si só, que é uma giraça!
Como tenho alguma dificuldade em apaixonar-me por peças simples, com poucos detalhes, era óbvio que esta mala me ia encher o olhinho. Tanto pelas costuras, como pelo delicioso rebordo decorado com corrente. A cor que escolhi é absolutamente perfeita, um bordeaux bem profundo que combina mais que bem com esta estação.
Além deste tom, há também em preto e num rosa pálido. Tem uma longa corrente (que na foto ficou escondidinha) que nos permite usá-la a tiracolo e que é igual à do rebordo. Por dentro tem duas repartições que nos ajuda a organizar melhor as coisas que levamos connosco. 
É uma mala pesadinha, em parte pelo peso das correntes mas também por ter um material muito resistente pelo que me parece que deve durar! Espero bem que sim porque desde que chegou nunca mais a larguei e é bem mais fácil de conjugar do que possamos pensar à partida!

Estava a passar os dias a alternar entre pretos e cinzas, então esta aquisição veio trazer uma nova cor embora discreta e um novo ânimo na hora de conjugar. É certo que não passa despercebida e que nos dá um ar muito mais arranjadinho. 
Eu estou completamente fã e não me arrependo nada de a ter convocado para a mini coleção de bolsas cá de casa.
É a minha terceira bolsa da Aldo no espaço de um ano. A marca tem-me conquistado pelo design e pela qualidade que me parece muito superior a outras de marcas um pouco mais baratas mas que mal aguentam uma estação intactas. Assim, prefiro gastar mais 10 ou 20€ mas garantir que a mala não se desintegra a meio de um dia de trabalho ou que, já que gostei dela para a comprar, a terei em condições na estação/ano seguinte. 

Podem encontrá-la e a outros modelos aqui ou nas lojas físicas.

Agora falam vocês! Boa compra ou parvoíce? Quem compra na Aldo ou nem lá põe as unhas? 

Um beijo,
MariaDaniela


Tenho ideias, queria fotografar umas coisas na rua, mas o tempo (tanto meteorológico como o horário de inverno) não me tem permitido grandes loucuras. Esta foto conseguiu-se porque estava descansada da vida a ver a Idade do Gelo e quando um raio de sol me entra casa adentro desatei a correr para aproveitar a luz. Foram instantes intensos. E com isto percebo porque é que estou solteira... ahahahah 
Vamos ver como corre o fim-de-semana. Sem grandes expectativas... mas ainda assim!

1 comentário: